0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- 0 Flares ×

Os hábitos de acesso e consumo dos brasileiros mudaram muito no último ano, como comprovado em uma pesquisa inédita realizada com 2.600 pessoas em 144 municípios

A influência da internet no engajamento e na informação do brasileiro sobre movimentos sociais e políticos foi um dos temas abordados em uma pesquisa sobre hábitos e comportamentos realizada recentemente pela F/Nazca Saatchi & Saatchi com o apoio operacional do instituto Datafolha.

O levantamento, que ouviu 2.600 pessoas em 144 municípios, mostra que sete em cada dez internautas foram informados sobre o assunto primeiramente nas redes sociais. A pesquisa indica ainda que a maioria dos que adere a movimentos na internet também o faz na “vida real”: em 2014, 26% dos internautas apoiaram alguma causa na internet e 21% deles fizeram o mesmo nas ruas.

A pesquisa constatou também que 94% dos 93 milhões de internautas brasileiros usam ao menos uma rede social. A líder, claro, é o Facebook, acessado por 88% dos internautas. Já o Instagram, utilizado por 9% dos internautas em 2013, chegou a 17% em 2014 e se tornou tão relevante quanto o Twitter, que caiu de 22% para 17%. O Google+ foi a rede que mais emagreceu: de 43% em 2013 para 33% em 2014. A maior ascensão detectada pela pesquisa é a do WhatsApp, que era usado por apenas 7% dos internautas brasileiros no ano passado e chegou a 37% em 2014.

estudo sobre a net

Compras pelas internet

Outro dado revelado pela pesquisa diz respeito a hábitos de consumo: 27% dos internautas do país fizeram compras pela rede nos últimos doze meses. A busca por preços de produtos para compra é o maior interesse de 53% dos usuários de notebooks e computadores, 47% dos internautas que usam tablets e 45% dos que acessam a rede por celulares.

As compras por celular, a propósito, são as que mais aumentaram entre os brasileiros em 2014. No ano passado, 3% dos internautas compravam pelo celular, neste ano o número chegou a 9%, igual aos que usam computadores e notebooks nas compras online.

O levantamento também mostra que as redes sociais se tornaram canais de contato entre consumidores e marcas para reclamações. Entre os que fazem críticas, 13% o fazem em redes sociais; entre os que elogiam produtos e empresas, 17% buscam as redes sociais.

Domínio da classe C

O perfil consumista do brasileiro na internet talvez se relacione com a maciça presença da emergente classe C no ambiente online. Entre os 93 milhões de internautas brasileiros, 48 milhões são da classe C, mais que a soma dos 38 milhões das classes A e B aos 7 milhões das classes D e E.

O Nordeste ainda é a região do país que menos acessa a internet, com 50% da população conectada, enquanto o Sudeste é a região mais conectada: 61% da população acessa a rede.

Celular é o preferido

A popularização dos smartphones no Brasil fez com que os dispositivos móveis se tornassem os preferidos dos brasileiros para acessar a internet. Segundo a pesquisa, 67% dos nossos internautas usam celulares ou tablets para se conectar à rede mundial de computadores. Em 2013, esse número era de 50%.

Entre os mais jovens, de 12 a 17 anos, esse número é ainda maior: 72% acessam a internet por meio de aparelhos móveis. Um dado curioso é que mesmo quando estão em casa, os brasileiros preferem usar os celulares para entrar na internet: 52% daqueles que acessam a rede em casa, fazem por meio de smartphones.

A expansão do acesso móvel acompanha o aumento das vendas de smartphones. No último ano, 22,5 milhões de brasileiros compraram um celular desse tipo e 20 milhões deles passaram a acessar a internet através desses smartphones.

Um consumidor com acesso à internet a qualquer hora e em qualquer lugar é uma oportunidade e um desafio para as marcas, que precisam ser mais ágeis, transparentes e preparadas para produzir conteúdo em tempo real, sem esquecer que impacto de suas ações será amplificado pelo poder de disseminação das redes sociais.

Com informações do Radar Online e Época Negócios 

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- 0 Flares ×